Curso on-line com aplicativos para iOs, Android e Smart TV amplia interesse dos alunos 

Curso on-line com aplicativos para iOs, Android e Smart TV amplia interesse dos alunos 

Os computadores e a internet foram os dois primeiros recursos que possibilitaram o desenvolvimento de cursos on-line. Porém, desde que a internet surgiu muita coisa mudou. O que se apresentou como uma revolução hoje é muito pouco e até ultrapassado.  

É por isso que as melhores plataformas de curso on-line não podem parar de evoluir. Hoje, por exemplo, é impensável uma plataforma de cursos virtuais não oferecer aplicativos e ser incompatível com smart TV. 

Ter um site mobile é apenas o início para um curso on-line

Existem dados que balizam nossas primeiras afirmações neste artigo. Segundo a mais recente pesquisa do IBGE sobre acesso à internet no país, 97% dos brasileiros acessam a rede mundial de computadores pelo celular. O país também é o quinto, do mundo, que mais utiliza smatphones. E é o segundo, também a nível mundial, em que o acesso mobile mais cresce desde 2016. Essas últimas estatísticas são da App Annie, referência em dados sobre acesso à internet. 

Há outro fato que nos faz ficar de olhos mais abertos para o uso em dispositivos móveis. Em 2016, o Google realizou uma atualização que colocou a navegação por celulares e outros aparelhos, como tablet, no centro dos critérios para aparecer nas primeiras posições do buscador.

A chamada Mobile-First Index mudou a forma como os profissionais pensam nos sites on-line, em todas as áreas. Até então, o algoritmo levava em conta, primeiro, critérios de busca pelo computador. Mas desde essa atualização, como o nome indica, ter um site amigável à navegação móvel é critério decisivo para quem quer aparecer bem nas pesquisas. 

Assim, é fundamental que o site esteja em uma plataforma mobile. Ou seja, que se adapte bem às telas. 

Relevância dos aplicativos para cursos EAD

Ter um site mobile friendly (adaptado para os aparelhos celulares)  é muito importante, mas está um passo à frente quem disponibiliza os conteúdos em aplicativos também. Isso porque os apps são pensados especialmente para o acesso pelos telefones. Essa característica dos aplicativos melhora bastante a experiência do seu aluno. 

Os dados também mostram que o brasileiro utiliza bastante os apps. 30% do tempo na internet por dia é por meio deles. Em média, são três horas por dia usando aplicativos. Assim, como as pessoas já estão habituadas a ter acesso pelos apps a serviços bancários, de mobilidade, redes sociais e até de lojas físicas, fazer seu curso EAD por app é um caminho natural, fácil e agradável para seus alunos.

Aplicativos de vídeo também têm boa adesão no país. Só em 2018, o brasileiro passou 20 bilhões de horas assistindo vídeos on-line por apps. Isso representou um crescimento de 130% em dois anos. Dessa forma, a familiaridade com videoaulas oferecidas por aplicativo também são grandes. 

Barreiras geográficas ainda menores com apps para curso EAD

Os motivos do sucesso dos apps para cursos EAD são muito evidentes. Vão além da melhoria da experiência do usuário. Os aplicativos ampliam as vantagens de assistir as aulas a qualquer hora e lugar. Dispensa levar um notebook, por exemplo, em uma viagem. Também torna o curso ainda mais acessível em situações como trajeto de ônibus para o trabalho, em um táxi ou qualquer outro meio de transporte. 

Sem falar que não depender de um computador de mesa ou notebook torna o acesso bem mais fácil e prático. 

Curso acessível no iOs e Android

Também é fundamental que exista um app para iOS e outro para Android. A preferência entre os dois sistemas dividem opiniões. Mas o fato é que quem só disponibiliza apps para iOs ou Android perde uma parcela do mercado. Nós, que atuamos no mercado de cursos, já nos deparamos com muitas empresas que lançam o app do Android primeiro. No entanto, o ideal é que você atenda tanto quem é team iPhone quanto quem prefere telefones que funcionem com o sistema operacional Google. 

Ter um curso EAD acessível nos dois principais sistemas operacionais do mercado vai ampliar o número de alunos interessados em sua aula. Não ter uma das duas opções é ter a certeza de que uma parte dos internautas se interessará menos pelo seu curso. 

Possibilite o acesso ao curso na Smart TV  

A última pesquisa do IBGE sobre acesso à internet também revelou que navegar na rede pelas smart TVs é cada vez mais frequente. Entre os dispositivos usados para se conectar à web, as smart TVs são as que mais crescem em uso. Enquanto 835 mil lares deixaram de se conectar pelo computador, 16,3% já assistem conteúdos on-line pela TV. Assim, quem oferece o aplicativo para acesso ao curso EAD sai na frente. 

Aplicativos Nochalks: diferenciais 

Os cursos on-line da Nochalks contam com uma equipe especializada em design intuitivo, a tecnicamente chamada de UX Design. Além disso, nossos profissionais são focados em vendas, gerar conversões. Por isso, estudam todos os detalhes que fazem diferença para o aluno e para você.  

Assim, nos apps dos cursos EAD há o mesmo cuidado que no site para que o estudante consiga tirar o máximo proveito da plataforma. A nossa equipe também pensa em como deixar o acesso de quem disponibiliza o curso on-line e todos os envolvidos, instrutores e  administradores, o mais fácil possível para gestão do conteúdo. Ainda fornece vários recursos para avaliação do aprendizado da turma.  

Ofereça um curso realmente conectado ao que há de mais atual

Além de ter profissionais sempre atualizados, a Nochalks conta com uma equipe que busca inovações para que os cursos EAD na plataforma contem com os mais inovadores recursos da atualidade. Mais do seguir tendências e desenvolver recursos próprios, há o cuidado de testar o que foi implementado. 

Além disso, mais do que realizar testes antes de implementar as atualizações, depois de lançadas nossa equipe ouve o usuário. Por isso, os cursos EAD na Nochalks oferecem uma das melhores experiências do mercado e tem a melhoria contínua como um dos preceitos.  

Saiba mais sobre nossas as vantagens da nossa plataforma de cursos EAD. Peça uma demonstração grátis neste link agora.

 

Categorias: Recursos
Fontes: Fontes: IBGE-Nochalks

28/Dez | por: Nochalks

0 Comentários

Posts Relacionados:


Não há mais comentários para serem exibidos